Translate

5 de novembro de 2016

♥ A Visão da Alma ♥



Os olhos da alma podem ver a beleza sutil da vida.

Eles observam a justiça operando invisivelmente por toda parte. Os olhos do espírito, o verdadeiro eu, reconhecem a presença de um eterno equilíbrio guiando secretamente a vida apesar de toda ignorância e todo sofrimento.  

Para abrir os olhos da alma, é preciso ficar cego para o mundo do egoísmo, cujos habitantes na verdade não possuem inteligência, embora vejam a si mesmos como donos de uma suprema esperteza.  

A alma enxerga a vida de um modo inclusivo e com absoluto desapego.

Ser imparcial, no entanto, não é o mesmo que ser neutro.

Imparcialidade implica justiça, e justiça tem a coragem de proteger ativamente o que é certo, daquilo que é errado.

(Carlos Cardoso Aveline) 


E, com essa linda reflexão encerramos o ano nesse blog !

Estamos nos preparando para receber nosso filho de longe e assim, temos que curtir tudo., muito a organizar! 

Desde já, FELIZ NATAL e BOAS FESTAS e agradeço todos os carinho e companhia aqui e em todos os meus cantinhos! 


Aproveito ainda, pra comunicar que esse blog ,assim como o sementinhas para crianças,   ficará descansando para sempre, sem atualizações !

Estou pensando em diminuir meu tempo na internet e pouco a pouco , de passo em passo, o farei!

Obrigadão por tudo SEMPRE e nos veremos nos outros espaços, meus e de vocês, sempre que der!

bjs chica

30 de outubro de 2016

♥ Pra refletir... ♥

"Deus dá alimento a todos os pássaros,
mas não o joga no ninho."

* Trouxe lá do blog Magia da Inês, que sempre coisas lindas tem...

23 de outubro de 2016

♥ Fazer acontecer... ♥


Que seja tempo de fazer acontecer bons sentimentos dentro de nossos corações;
E que tenhamos coragem e vontade de transformar nossas piores feridas em bom ânimo para um futuro de amor e motivação em fazer o bem ao próximo!

Trouxe lá da JUNI e seu lindo Flor de Melissa Atelier


* Amanhã estarei de volta e responderei aos comentários!  bjs,chica

9 de outubro de 2016

♥ Sim você pode, ou melhor você deve... ♥





Sim, você pode e deve acreditar em seus sonhos.

Por menor que ele possa parecer,
você fará a diferença,
simplesmente com seu jeito de ser!

Trabalhar, confiar.
Desistir?
Nunca, jamais.

Obstáculos, incertezas, as vezes desânimo, vão querer te derrubar, te puxar para baixo.
Mas como foi bendito:
- O Universo conspira ao seu favor.

Isso é mais do que real quando você coloca em perfeito alinhamento e direção, ação através de seu trabalho, mente e emoção num propósito determinado.

Lembre-se de que só quem tem fé em si mesmo, pode movimentar as forças universais em busca de concretização de seus objetivos.

Respire fundo, concentre-se e dentro desse processo, não esqueça também de agradecer!


O tamanho do sonho não é relevante, mas sim é torná-lo real através de uma meta constante.


Elza Ghetti Zerbatto


2 de outubro de 2016

♥ A Beleza... ♥



A Beleza é uma harmonia entre dor e contentamento, que começa no templo interno do coração e termina além do alcance da capacidade de imaginar.
 
A beleza não está no rosto;
A beleza é uma luz no coração.
 
A aparência das coisas muda conforme as emoções, e por isso vemos magia e Beleza nelas, quando na verdade a magia e a Beleza estão em nós próprios.
 
O propósito do espírito no  
Coração está oculto, e não pode
Ser julgado pela aparência externa.


25 de setembro de 2016

♥ Uma reflexão... ♥




Quando tudo em nosso interior parece frio e sem vida, olhamos para fora, em busca de luz e ajuda, enquanto a alma fica muda e esquecida dentro de nós.

Este é o momento para pegar as rédeas com firmeza e erguer o nosso olhar outra vez, com uma motivação firme e pura, para enxergar a profundidade dos nossos corações, e para sentir com o coração, pensar com o coração, e falar desde o coração.

A luz está nele; o amor divino e a compaixão estão lá. 
daqui

18 de setembro de 2016

♥ Vejam que lindo! ♥


TAPAR O SOL COM A PENEIRA
Lá no blog da Luisa ( À Esquina da Tecla), vi e acompanho essa série. Não faz muito tempo que conheci, mas adoro e como Luisa é de Portugal, pode que alguns  que me acompanham aqui não conheçam ! 

Luisa  mostra através de imagens, ditados  que todos nós conhecemos.  Lindo de ver!  Esse acima é apenas uma amostrinha!

Vale ver.  CLIQUEM AQUI e admirem e se encantem com o poder dela!

Vale conhecer  os demais que lá estão, nessa linda série:  É SÓ ISTO

11 de setembro de 2016

♥ Vi,li e gostei... ♥
...



É só lembrar !

E quando alguma coisa, ou alguém quiser roubar a sua tranquilidade é hora de respirar fundo e lembrar...


Daquele sorriso
Do bolo de cenoura com chocolate
Dos abraços demorados
O aconchego do lar
Aquela música linda
Cheiro de café
As ondas do mar
Entre tantas outras coisas ...
A paz volta a reinar
Seja simples, seja feliz!!!

 Vi lá na  Flávia Barros

4 de setembro de 2016

♥ Ser louca... ♥


Trouxe lá da Elvira Carvalho

Ser louca
Se acreditar na humanidade
Se ter fé e esperança no futuro
é ser louca, Bendita seja minha loucura!


Uma loucura que vale a pena !
beijos, chica

28 de agosto de 2016

♥ Pense nisso !♥


"Reze e trabalhe, fazendo de conta que esta vida é um dia de capina com sol quente, que às vezes custa a passar, mas sempre passa. E você ainda pode ter muito pedaço bom de alegria. Cada um tem a sua hora e a sua vez: você ainda há de ter a sua."

(João Guimarães Rosa - Sagarana)

Vi lá no blog BAÚ DE CACOS, da Carol !Vale passear por lá!

21 de agosto de 2016

♥ Sentido da Vida ♥



Li,gostei e trago pra cá!



Gosto de escrever poesias,
Pelo verso me expressar
Mas da vida, a alegria só vem com o verbo amar.
Poesia só tem sentido se tocar o coração.
O prazer é garantido se o voo tem direção!
O poeta sempre escreve o que vai em sua alma.
O lápis dança na folha, é a palavra que acalma!
Porém a felicidade para o escrevinhador
É sorriso de criança, é amenizar a dor!
Arco íris no horizonte, pão na mesa do jantar,
Banho quente, sobremesa, filho poder estudar.
É guardar a esperança em meio ao caos das esquinas...
Ver a flor desabrochar, inocência de menina!
E quando lhe perguntarem: Qual o sentido da vida?
Dizer sem pestanejar: Amar muito, sem medida!

14 de agosto de 2016

♥ Acolher sempre... ♥



Realmente não dá para viver sem a ternura:

- De um olhar

- De uma compreensão

- De uma relação doadora

- De palavras e gestos incentivadores

- Do amor sem exigências ou cobranças

Isso tudo são alimentos essenciais

Ao prazer pelo simples acontecer

Ao segredo das palavras não ditas

Para recriarmos ambientes de crescimento

Para almas que se complementam

No silêncio da ternura.

Célia Rangel

7 de agosto de 2016

♥ Um questionamento! ♥



Ao observar a vida como ela é hoje, e ao fazer isso desde o ponto de vista do ideal de aperfeiçoamento humano, somos forçados a compreender que temos um longo caminho pela frente.

Não vale a pena iludir-nos em relação a isso: a humildade é fundamental.


É fácil ficar impressionado com os erros dos outros, ao invés de lutar para melhorar a nós próprios. É correto criticar os que nos rodeiam, mas devemos garantir que isso é feito com equilíbrio e desapego.


E cabe examinar esta pergunta: “Estou trabalhando com suficiente intensidade para estimular o bem nas outras pessoas, inclusive através dos meus pensamentos sobre elas?”

31 de julho de 2016

♥ Lembrete... ♥


Imagem daqui

"As dificuldades da vida tomam a forma que você lhes der.

A pedra que faz uma pessoa tropeçar, para outra pode servir de degrau."

10 de julho de 2016

♥ Atenção... ♥




'' Vê que a vida é uma grande ponte.

Não constrói nela tua casa, atravessa somente..."

Provérbio Budista

( recebi da Alzira)

Dentro de alguns dias ,vou ali e já volto!  Assim, só no dia 31 de julho,  volto nesse blog! 

bjs, chica

3 de julho de 2016

26 de junho de 2016

♥ Desapego e Atenção Plena ♥



Há uma relação direta entre desenvolver um ponto de vista independente, para olhar para a realidade, e ser capaz de prestar verdadeira atenção aos objetos e acontecimentos.
 
O apego fecha os olhos do indivíduo, impedindo-o de observar o fluxo livre da vida e reduzindo a sua capacidade de aprender.




  Daqui

5 de junho de 2016

♥“Se Essa Rua, Se Essa Rua Fosse Minha..” ♥

Universo ou pedrinhas de brilhantes?

A rua era o Universo.

A pequena e desconhecida rua de terra do subúrbio carioca era o Mundo inteiro.

Tudo que acontecia no Planeta acontecia também naquela rua , só que com mais intensidade.

Um eclipse lunar era acompanhado por todos, visto e revisto da calçada ainda quente do sol suburbano.

Eclipse solar então... era motivo de desespero. Uma calamidade. Algo sobrenatural. O Mundo ia acabar ali, agora? E se o Sol se espatifasse na Terra e acabasse em fogo como diziam os antigos?

Eliezer, único exemplar adito da rua sentava-se plácido à porta da sua casa, na escada de entrada e via o mundo eclipsado através dos seus olhos vagos após uma crise que toda a rua tomava conhecimento.

Passado o "fim do mundo" e a crise de Eliezer as pipas voltavam aos céus, com bastante cerol, moído e remoído, colado e recolado em linha 10, aos gritos de "Tá com medo tabaréu? É linha de carretel!"
O Mundo era a rua e era simples como aquela gente que ali vivia.

Jorge e Ney eram negros; Vital e Ivanzinho, mulatos; Bebel e eu éramos morenos; Josimar era louro de olhos azuis e usava tranças mesmo com sete anos de idade, promessa de sua mãe para uma cegueira de que fora curado.

Não sabíamos que haviam cores entre as pessoas. Todos eram pessoas, amigos, gente.
Como disse muito bem Mandela: "Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar."

E era assim naquela rua: as crianças brincavam e sequer imaginavam que houvessem tais diferenças.
Naquela rua o jogo de bola parava quando passava uma senhora. Havia todo o tempo do Universo para marcar um gol.

Podíamos esperar Dona Delfina passar com a sacola carregada de bananas, a sobremesa mais barata e amadurecida na quitanda do português à base de carbureto.

Mais tarde , não muito, quando calçaram a rua, caminhando por ela à noite, a luz dos postes faiscava o granito a cada passo cumprindo-se a canção: "Ladrilhada com pedrinhas de brilhantes para o meu amor passar..."

E eu sentia o gosto das estrelas no céu da minha boca.
Acredito que ainda existam ruas e gentes como aquelas. Deve haver sim . Precisa haver. É ali que nasce a humanidade.

É ali que se educa para a humildade e solidariedade.
Percebo-me a pensar na minha neta, prisioneira de um computador num bairro nobre de São Paulo...vou perguntar-lhe se já pisou na rua descalça, ou se já pulou amarelinha na calçada riscada com giz.

Quando o tempo vier e ela amadurecer provavelmente recordará não de ruas de terra, mas de vias cibernéticas nas suas boas memórias da infância, percebendo afinal, como Drummond, que "...o Mundo não pesa mais que a mão de uma criança."

29 de maio de 2016

♥ Sempre vivo! ♥

* Imagem daqui

" O amor de Deus é como um pinheiro: sempre vivo em todas as estações!"

Maria Fontaine

22 de maio de 2016

♥ Lamento... ♥



Veja se se consegue apanhar a lamentar-se, quer por palavras quer por pensamentos, por causa de determinada situação em que se encontra, de algo que as outras pessoas fazem ou dizem, do seu meio envolvente, da sua situação de vida, ou até mesmo por causa do tempo.

Uma lamentação é sempre uma não aceitação daquilo que é. E traz consigo, necessariamente, uma carga negativa inconsciente.

Quando você se lamenta, está-se a fazer de vítima. Mas quando você se defende, está a reivindicar o seu poder. Por isso, mude a situação tomando providências, defendendo-se se for necessário ou possível; deixe a situação ou aceite-a.

Ter qualquer outra atitude é insensato.

Eckhart Tolle

* Ganhei  essa mensagem da Alzira  Dinelli

15 de maio de 2016

♥Saber olhar... ♥



Devemos estar prontos pra olhar pra trás e ver as perdas, mas olhar para frente com esperanças.

Devemos estar prontos para ao olhar pra trás , o passado, conseguindo ver nossos erros; olhar para frente, o futuro e tentar não repeti-los e olhar para os nossos lados , o hoje, tentando aprender com tudo que vemos e , sem esquecer nunca que estamos no presente, que um dia será o futuro para aqueles que estão por vir...

Em toda essa trajetória nossa responsabilidade é ampla.

Seremos exemplo bom ou mau para os que ainda virão...

chica

8 de maio de 2016

♥ Vi , gostei e compartilho... ♥

"Pega aí...
 Tem anjos de Deus soprando paz
sobre você." 
(Sirlei L. Passolongo)
*Vi lá na Yves


Que anjos soprem e continuem soprando muito e muito amor, paz, saúde!

E aproveito pra felicitar todas as mamães que por aqui passarem!  bjs, chica

1 de maio de 2016

♥ O mal e o bem... ♥



O mal do homem está em queixar-se demais. Claro que nem tudo no mundo são flores; mas em toda coisa ruim há, pelo menos, um lado bom; vista por esse ângulo, a coisa deixa de ser ruim.


A queixa constante revela fraqueza e debilita o organismo. O esforço, a atitude mental, durante as queixas, provocam o esgotamento nervoso e estragam a saúde.


A vida não deve ser tomada muito a sério; encarar a vida com muita gravidade é prejudicial: males sempre existiram e continuarão a existir. Por mais que as coisas melhorem, nós e os das gerações mais próximas não as veremos muito diferentes do que são agora. A seriedade, a gravidade no encará-las, de nada adianta. O povo já diz que choros não pagam dívidas.


As modificações sociais se processam como as modificações biológicas: o homem, na maior parte das vezes, quase nem se apercebe de como elas ocorreram. Não é sua vontade que muda a estrutura moral do mundo, que reorganiza desta ou daquela forma os grupos, as multidões, as massas. Tudo se passa conforme as forças que atuam na evolução do mundo, entre as quais se conta a atividade do próprio homem, mas onde existem também muitas outras que ele não conhece nem dirige.


A felicidade consiste em procurar obter o máximo de proveito das coisas que nos cercam; se essas coisas forem boas, melhor; se forem más, aproveitemo-las no que oferecem de útil.

Daqui


23 de abril de 2016

♥ Olhar além... ♥



* Fotos ganhei da Ailime


Temos que saber ler os recados que do Alto nos chegam...

Eles podem estar escondidos atrás dos rendados que em primeiro plano, nossos olhos podem ver.

Mais ao fundo, se conseguirmos., os veremos e leremos!

Lindo dia!  bjs, chica


17 de abril de 2016

♥ Atenção ao nosso caminhar... ♥



Quando nos deparamos com olhares assim, percebemos o quanto podemos fazer!

E tantas vezes, o olhar que nos chama mais atenção, mais "pedinte" é de um cão  ou animalzinho...

Esquecemos   que há tantos humanos que esperam, quase clamam  por ele...

Atenção aos nossos caminhos e caminhar é preciso!

chica


10 de abril de 2016

♥ Dos cuidados...♥



O fato de ser objeto de cuidados é agradável, mas cuidar dos outros é melhor ainda.

O caminho da paz requer que pensemos no bem-estar interior daqueles a quem queremos bem, e devemos querer o bem de todos os seres.

A atitude altruísta é benéfica para nós próprios. Aquilo que fazemos aos outros é o que retornará, cedo ou tarde, para nós.

[(Do artigo “A Arte de Cuidar de Alguém)

3 de abril de 2016

♥ Para permanecer alegre... ♥



" Para permanecer alegre, aprenda a isolar as áreas de fraqueza.

Uma vez que você as impeça de dominar sua mente, não conseguirão mais influenciá-lo.

Assim você poderá trabalhá-las com segurança."

Dadi Janky- Pérolas de Sabedoria- Ed. Gente

27 de março de 2016

♥ Páscoa e renascimento... ♥


A celebração da Páscoa – um costume seguramente pré-judaico e inter-religioso - constitui uma prova viva de que a evolução da alma se dá em comunhão com o ciclo anual do Sol, e de que coincide com o ciclo das grandes iniciações da filosofia oriental.

Os ovos de Páscoa são herança dos festivais pagãos da primavera do hemisfério norte. Eles simbolizam o renascimento da vida em toda sua variedade. Já a presença do coelho nesse “festival de renascimento” pertence à cultura egípcia. A lebre era símbolo da fertilidade e representava a periodicidade dos ciclos naturais da vida. A tradição afirmava que o coelho costuma esconder ovos de Páscoa para as crianças procurarem.

As crianças estão ligadas à Páscoa e, de fato, elas são símbolos indiscutíveis do recomeço da vida. Internamente todo ser humano é como uma criança até o final da sua existência, porque há nele algo que está sempre renascendo.

Quando o indivíduo passa a ser consciente disso, ele vive mais diretamente a primavera permanente que se oculta em cada uma das quatro estações do ano. E isso não é tudo. Ele também vive com mais eficiência o ciclo maior das quatro idades de uma vida completa.

O outono simboliza a maturidade. O inverno é a velhice. A primavera é a infância, e o verão, a juventude. As quatro idades são igualmente importantes. Não basta ser como crianças para ter acesso ao reino dos céus, isto é, à consciência nirvânica. Para alcançar a iluminação e receber a bênção eterna, é preciso viver simultaneamente as quatro estações do ano a cada dia.

Deve-se combinar a generosidade e a capacidade de aprender, que caracterizam a primavera, com a força e a coragem do verão, que simboliza a juventude.

A maturidade do outono, assim como a sabedoria e a humilde renúncia que são típicas do inverno, constituem características igualmente importantes para quem quer viver a Páscoa de modo completo.

* Desejo a todos que aqui passarem, uma Páscoa alegre, abençoada e muiiiiito feliz!  bjs, chica 

20 de março de 2016

♥ Vi, gostei e compartilho... ♥





"Tenta te orientar pelo calendário das flores, esquece, por um momento os números, a semana, o dia do teu aniversário. Se conseguires ser leve, aproveita, enche tuas malas de sonho e toma carona no vento." (Fernando Campanella)

* Vi na Nidja Andrade

13 de março de 2016

♥ Meditando... ♥




Somos madeira que apanhou chuva.
Agora não acendemos, nem damos sombra.
Temos que secar à luz de um sol que ainda não há.
Esse sol só pode nascer dentro de nós.

Mia Couto

* Recebi por email da Alzira Dinelli, achei lindo e trouxe aqui!

6 de março de 2016

♥Um texto pra ler, pensar... ♥




“As bombas se empilham nas fábricas, a polícia percorre as cidades, as mentiras fluem pelos alto-falantes, mas a terra continua girando em torno do sol, e nem os ditadores, nem os burocratas, por mais que desaprovem o processo, são capazes de evitá-lo.”

Publicadas em meados do século 20, essas palavras do escritor inglês George Orwell estão perfeitamente atuais na primeira metade do século 21.

Enquanto escrevo, a civilização atual vive uma transição dolorosa, e avança como sonâmbula na direção de um futuro que poucos conhecem. As tensões políticas, econômicas, ambientais e militares parecem fortes. Há uma ansiedade no ar. O tamanho da crise não deve ser exagerado.

Apesar do círculo fechado de conflitos humanos e das preocupações de curto prazo que se eternizam, a imensa Terra ainda gira em torno do Sol. O poder da natureza continua incomparável. A vida cósmica se desdobra graciosamente ao longo de eras incontáveis, enquanto abraça bilhões de estrelas luminosas.

Posso contemplar o infinito no céu acima de mim, assim como faziam meus avós e meus ancestrais ainda mais distantes. Nenhuma lei me proíbe fazer uma oração ou meditar, enquanto meu olhar contempla as nuvens iluminadas pelo sol vermelho que se oculta na linha do horizonte.

Não tenho forças para impor a paz neste ou naquele país. Posso aceitar minha insignificância. Está ao meu alcance ser solidário com as plantas, os animais e as pessoas a meu redor.

Os amigos da paz não conseguem impedir as guerras econômicas ou militares. Eles podem criar justiça e harmonia nas situações em que vivem diretamente, e isso talvez seja sua melhor contribuição para o futuro.

Nem todos os fatos externos dependem da minha vontade pessoal. Meu primeiro dever e minha principal oportunidade para agir como cidadão do mundo é estabelecer humildemente uma paz verdadeira em meus pensamentos e sentimentos.

Posso concentrar minha consciência no que é bom. Isso torna mais fácil agir de maneira construtiva.

Nada me impede de aceitar a vida como ela é ou de aumentar minha capacidade de amar e de ser feliz, de identificar a verdade e viver de maneira correta.

28 de fevereiro de 2016

♥ Certeza! ♥


A certeza de estarmos bem acompanhados, nos faz melhor caminhar...Ou voar...

Valorizar quem está ao nosso lado, as boas companhias é preciso!

E há tanto a agradecer  por poder ter essa certeza!


 

21 de fevereiro de 2016

♥ A Paz! ♥



A Paz como um Processo Vivo...

A verdadeira harmonia inclui e transcende as tormentas.

A harmonia é uma decisão pessoal.

Ela inclui, ela vive, observa e transcende os conflitos. Embora o fluir da harmonia não possa
ser descrito com palavras, ele muda o aspecto de todas as coisas visíveis.

A paz não é uma situação imóvel, ou burocrática, mas uma harmonização constante que
enfrenta desafios sempre renovados.

Cada indivíduo é um centro de harmonização da vida
.
A paz de espírito das comunidades não decorre dos fatos externos, mas a harmonização dos fatos externos surge da paz de espírito.

A mente atenta descobre o fio invisível da paz que liga todos os seres através da justiça.
Suave e silenciosamente a alma espiritual ordena todas as coisas.

 Trechos retirados daqui

14 de fevereiro de 2016

♥ Para lembrar! ♥




"Lembremos sempre que o amor, alegria e felicidade criam a atmosfera certa e atraem todas as almas que pensam da mesma maneira.

Policie-se e comece agora a atrair somente o melhor para si.  Assim podemos mudar toda atitude e aparência num piscar de olhos.  Por que não fazê-lo?

Entremos em sintonia com a vida e encontremos a paz que supera toda compreensão."

* Eillen Caddy

7 de fevereiro de 2016

♥ A Felicidade faz-se ... ♥

 
É muito mais fácil carpir problemas e frustrações do que sorrir, mas também por isso a felicidade é uma responsabilidade!
Todos convivemos com problemas e solidões, mas devemos mitigar a carga com o contrabalanço da entrega, da palavra amiga, do desabafo, do desbloqueio emocional que também se faz pelas alegrias simples que o dia e o momento tem.
Esse é um dos problemas: esperar pelo dia, pelas férias, pelos anos, pelo natal, por ter dinheiro, por aquela altura... e entretanto a vida faz-se e o tempo dilui-se sem sabermos apreciar sequer o dia, o instante, o hoje, sem esperança nem entrega nem amor...

Daniel C da Silva ( Lobinho)

31 de janeiro de 2016

♥ Detalhes... ♥



Você pode consolidar o seu caráter prestando atenção às pequenas coisas.

Atacando as pequenas falhas, e em cada pequena oportunidade, uma por uma. 

Isso criará uma atitude interna de atenção e cuidado. 

Com vitória em relação às pequenas falhas e as pequenas ocasiões, o caráter se torna forte.


William Q. Judge


24 de janeiro de 2016

♥ Ciclos... ♥




No início de cada novo ciclo do tempo - um novo ano, uma nova década ou um novo dia de 24 horas - nós temos condições mais propícias para focar nossa consciência em uma compreensão adequada das causas da ignorância, para evitá-las; e das causas da obtenção da Sabedoria, para colocá-las em movimento de modo mais intenso, definido e eficaz.
daqui


17 de janeiro de 2016

♥Esperança... ♥



É preciso ter esperança,
mas ter esperança do verbo esperançar;
porque tem gente que tem esperança do verbo esperar.
E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera.
Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, esperançar é construir, esperançar é não desistir!
Esperançar é levar adiante, esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo.

Paulo Freire

* Mensagem que recebi, na minha ausência, da querida Alzira e achei bem legal pra reabrir esse blog!

E a ESPERANÇA foi nossa companheira por aqui todo esse tempo.

Enfrentamos muitas coisas , ainda temos pela frente, mas o pior já ficou no passado!

Agradeço por todos os carinhos, torcidas, orações. Valeu tudo!

bjs, voltando aos poucos , chica